• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

23 janeiro 2012

10 coisas que você precisa saber sobre "Ensino a distância" (EaD)

Olá, pessoal!

Como vão vocês?!
Ano começou e você não sabe o que fazer da vida?

Já pensou em parar de se preocupar com bobagens e voltar a estudar?
Não tem tempo? Todas as escolas e centros de formação são muito longe da sua casa?

Pois então é pra isso que existe a modalidade de EaD (ou "Ensino/Educação a Distância"). Ou você achou que a internet só servia pra mexer no Facebook?

A chamada "Educação a Distância" engloba várias modalidades. O Telecurso (aquele que passa de madrugada na Globo) e o Instituto Universal Brasileiro (aquele em que sua tia fez curso de "Corte e Costura") são bons e eficientes exemplos de viabilização dos estudos para quem quer se aprimorar, mas não tem tempo ou como se deslocar até uma escola.


Mas vou falar da "EaD" via internet oferecidas pelas universidades federais,  como a UFU (que é onde eu trabalho),e que funciona nos chamados "AVA" (ambientes virtuais de aprendizagem) que você pode conhecer melhor clicando aqui.


Não vou me estender a detalhes técnicos ou conceituais. Como tutora presencial que sou, vou te mostrar na prática 10 coisas que vão te fazer ver a EaD de uma forma diferente (e pensar melhor em fazer ou não um curso assim).

1. O diploma de quem se forma em um curso a distância é igualzinho o de quem se forma em um curso presencial. Muita gente tem preconceito com  relação ao ensino a distância e acredita que o diploma não irá ter o mesmo peso do certificado do ensino tradicional. Bobagem. Você aprende do mesmo jeito, a diferença é que pode adequar os estudos a seus horários e estudar onde quiser, já que a internet nos permite isso.



2. Cursos a distância (IDÔNEOS) não são mais fáceis. Se você procurou um curso a distância e te prometeram o tão sonhado diploma de uma forma mais fácil, corra porque é uma cilada! Em cursos a distância idôneos, os conteúdos são os mesmos (ou até mais densos) que os da modalidade presencial tradicional. A diferença, insisto, é que você pode estudar em casa e não precisa se adequar aos horários de aula de uma escola ou faculdade.



Assim sendo...

3. Procure cursos a distância sérios e comprometidos com a formação. Sabia que muitas universidades federais oferecem a modalidade de educação a distância? É a chamada "Universidade Aberta do Brasil" (que você pode saber mais sobre ela, clicando aqui), que conta com pólos em diversas cidades brasileiras e proporciona a oportunidade de ingressar em uma universidade federal, estudando a distância. Como eu disse, eu sou tutora  na UFU (Universidade Federal de Uberlândia) e temos alunos não só da cidade, como da região e que partilham do mesmo ambiente virtual de aprendizagem, cada um em seu horário e local de estudo. Não é um máximo isso?



4. Não é porque o curso é a distância, que você esteja sozinho.
Esta é outra ideia errônea que as pessoas têm sobre. Há toda uma equipe (tutores, professores, coordenadores, pólos de apoio presencial) pronta a te ajudar e tirar dúvidas sempre. 



E mais: o que você expõe nos ambientes virtuais de aprendizagem, pode ser repondido, questionado ou comentado pelos seus colegas de turma.

Esqueça a ideia de que "comunicação eficaz na internet" seja sinônimo de "comunicação simultânea".

Mesmo não estando ao mesmo tempo e no mesmo espaço que seu colega de turma, isso não significa que não possam debater ou construir novas reflexões.



Por isso...

5. Usar a internet para estudar pode ser mais enriquecedor do que você imagina!  Além do fato de você poder estar conectado a mais pessoas do que estaria em uma sala presencial tradicional, o que é exposto na EaD via internet, geralmente é salvo e/ou gravado, o que permite você e seus colegas lerem, relerem e fazerem observações sobre. Isso é bem mais difícil em uma sala de aula tradicional, já que muitas vezes alguém enuncia algo e aquilo que poderia render mais discussões, se perde muito fácil. 


Além disso, você tem toooodo um universo virtual prontinho para ser explorado na aba ao lado. (Não tô falando de ctrl+c e ctrl+v, ok?!), mas links, videos, imagens, textos podem ser expostos em suas discussões no ambiente virtual, acrescentando ainda mais ao conteúdo do curso!


6. Cursos a distância (bons) exigem de você uma rotina de estudos. Se você não está estudando porque trabalha de manhã e/ou à noite ou porque o curso que você quer está muito longe de sua casa, você já tem meio caminho pra começar a estudar a distância. Agora, se seu problema é de verdade preguiça ou desinteresse, não ponha a culpa na falta de tempo ou oportunidade, porque não cola! E não tente estudar a distância, porque você vai se dar mal.

Cursos a distância relamente bons e comprometidos com a formação de seus alunos, tem conteúdos programáticos densos e que requerem leituras frequentes, além de um compromisso com a resolução de atividades e participação nas tarefas.

Insisto: Não vá pensando que os cursos em EaD são fáceis. Não é porque você não está em uma sala de aula com um professor te olhando e cobrando que você não irá organizar seu tempo para estudar.

Na EaD você tem autonomia para escolher onde e quando quer estudar, o que significa que você tem que estudar, mesmo que não haja um professor te "vigiando".

Assim, quem estuda na EaD aprende a ter uma rotina de estudos e leituras (o que não é muito comum no presencial, em que muitos "sentam a bunda na cadeira" e apenas escutam o professor, se preparando para a prova na última hora). Na EaD não. 7. Você é o principal responsável por seus estudos e permanência no curso.  Preciso dizer mais?! Se não estudar, não irá avançar no curso.

8. A EaD amplia sua visão sobre internet. Quando você estuda presencialmente no método tradicional, muitas vezes se apega aos livros e bibliografia básica da disciplina. Na EaD isso muda muito. Há a bibliografia básica, como em qualquer outro curso, mas a possibilidade de conhecer mais sobre determinado tema se amplia. Afinal de contas, já está com a internet conectada mesmo... Por que não pesquisar?

Alunos de EaD passam a usar mais as ferramentas de pesquisa e tirar mais proveito do conteúdo da internet a serviço de seu próprio aprendizado. Ou seja, o conhecimento produzido e adquirido na EaD é mais global e pode ser ampliado, dependendo do interesse do aluno.

9. A EaD não faz milagres! Depois te tanta coisa que eu disse aqui, você pode pensar que a EaD seja a alternativa "mágica" para você conquistar seu diploma, mas não é. Ela pode te trazer inúmeras fontes de conhecimento, te conectar a pessoas que, presencialmente, talvez você jamais teria contato, mas tudo isso depende de seu comprometimento, de sua real vontade de estudar.

Sem isso, nem os cursos vagabundos de má qualidade servirão. Afinal, de que serve um diploma fácil, uma formação sem esforço, se depois você não sabe o que irá fazer com ela e nem tampouco sabe atuar na área em que se formou?
E, por fim:

10. A EaD via internet tira as fronteiras do conhecimento. O que é produzido no ensino tradicional sai das fronteiras da sala de aula com muito mais dificuldade que na modalidade EaD.

Lembra daquele seminário do terceiro período e que você deu um show na apresentação? Pois é, né?! Ninguém mais viu, além de seus colegas e professor... Na EaD isso pode ser expandido, divulgado nas redes sociais ou partilhado com alunos espalhados pelo Brasil ou pelo mundo.

Quer ver?






Espero ter esclarecido um pouco sobre o que é a EaD e convido quem de verdade quer dar um "up" na formação a buscar um curso a distância (idôneo), para que esta modalidade se amplie!


Com carinho,


Naná.

10 comentários:

Renatinha disse...

Minha mãe cursa Serviço Social via EAD e rala muitooo mesmo!!Essa historinha que é mais fácil, realmente não existe...ela estuda pra caramba! E pra ela foi a oportunidade p fazer a faculdade qie ela tanto queria!! Apóio demais essa modalidade de ensino! =)
P.S Naná deixei comentário em outro post, dizendo q tentei consertar o problema dos comentários no outro blog...
Bjuu

Ana Maria disse...

Nossa, Rê, que legal saber que sua mãe prestigia a modalidade! E realmente o povo tem que suar muito pra avançar no curso!

O meu comentário salvei no outro pc. Mais tarde vou postar lá!

Beijos!

Vanessa Ponzoni disse...

eu sou super a favor do ensino a distancia...ja estudei e estudo muito assim...

Fernando disse...

Gostei do blog, muito bom mesmo...
As postagens são bem interessantes.
Gostaria que vc desse uma olhada e seguisse o meu tbm
http://temtudomega.blogspot.com
Aproveite e dê um curtir lá.

Irei recomendar seu blog no meu orkut

Ana Maria disse...

Muito obrigada!

Já estou lá seguindo!

Abraços e obrigada pelas palavras!

Ana Maria disse...

Ai, que bom ver os comentários de vocês!

Gostei de saber, Vanessa, que você apoia a Ead!

Abraços!

Lalah Melo disse...

Ótimas informações, mana!
Serve mto como dica pra quem tem vontade de fazer e não conhecia direito, né?

Bjos!

Dudu disse...

EaD é muita ralação. Ainda há muitas barreiras para quebrar, mas faz a diferença na educação e mostra que, mesmo não sendo um meio tão novo assim, pode ser a solução para muita gente.

Ana Maria disse...

Muita gente nem sonha que a UFU tem curso à distância. Quando fica sabendo, já passaram os vestibulares (como é o caso da Letras e da Pedagogia que tem gente o dia inteiro ligando lá querendo saber se vai ter mais vestibulares).

Eles ralam muuuuito que nem a gente ralou! (Penaaaaram com Linguística semestre passado!) Mas adoram o curso!

bjos!

Ana Maria disse...

A gente é que sabe a quantidade de barreiras... Mas a EaD é mais forte que isso! Heheheheh

Real Time Web Analytics