• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

02 fevereiro 2012

Coceira cognitiva do dia: "When I found you"

Oi, pessoal!
Minha sugestão de coceirinha cognitiva de hoje vem dos tempos áureos de Britney Spears.

Não se trata de nenhum grande hit. É inclusive uma das últimas faixas do CD "Britney".

Sim, sou da época que a Britney era virgem, namorava o Justin Timberlake, mas já se mostrava bastante assustada com o "monstro" que a fama sempre representou pra ela.

Vi nascerem os primeiros hits dela, vi uma Britney saindo da adolescência, uma Britney com "corpaço" dançando muito e uma Britney mais emocional, que cantava com voz rouca sem tanto sintetizador...


Bom, mas voltando à canção, ela chama-se "When I found you", nem clipe tem.  Ou melhor, nem versão ao vivo eu achei!

Escutei isso numa ida à Leroy Merlin (?) e fiquei com ela na cabeça... Era uma das minhas preferidas no colegial e escutá-la agora ao lado do meu marido é tão fofo... (Afinal, escutava coisas do tipo em 2001, suspirando por ele, que nem meu namorado era ainda...)

Quem viveu intensamente essa época, sugiro ouvir e lembrar dos bons tempos em que POP era coisa de adolescente, internet era luxo, sonhos de consumo eram CDs, DVDs e revistas com posteres gigantes e músicas eram reflexo de nossos sentimentos...

Tempo em que amávamos nossos ídolos (e não só "curtíamos"), amor perpetuado até hoje, pois revela quem fomos e somos...

Bons tempos em que programávamos o videocassete e esperávamos ansiosamente pelo programa ou pelo clipe. Tempo em que acumulávamos dezenas de fitas como se fossem tesouros (e eram)...

Bons tempos de Britney, Backstreet Boys, Hanson, Five, N'SYNC, Westlife, Christina Aguilera, Sandy & Jr e tantos outros que pareciam traduzir em canções o que sentíamos no coração...

Muitas, muitas saudades deste tempo maravilhoso que foi tão importante na construção de minha história.

Com carinho,

Naná Dorough.

3 comentários:

-- disse...

Bons tempos mesmo, guria. Nossa, eu era fanática por Britney, e ainda hoje amo ela <3
Tempos de "Toxic, My Prerogative, Stronger, Boys" etc. E ela vive se superando nas músicas. Mas essa eu não conhecia, nem nunca tinha ouvido falar :O Vou ouvir agora.
Beeijo <3
http://www.quasedescolada.com

Dudu disse...

*suspiros por minha linda*

Te amo para sempre!

Ô, época boa de ouvir POP, de ficar esperando o programa ou clip e apertar REC, de comprar poster, ir aos shows...

Acho que o povo não sabe curtir muito isso mais... talvez tecnologia tenha tirado um pouco do encanto do artista inatingível. Agora parece mais fácil ter contato com eles.

Dudu disse...

Falando em coceira cognitiva...
uma novinha em folha: Give Me All Your Luvin', a nova música da Madonna.
Estava no Facebook e apareceu esse vídeo. Assisti há 1 hora e o refrão ficou na cabeça.
Sai, macumba! Hehehe.

Real Time Web Analytics