• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

30 março 2012

9 coisas que todo pai/mãe precisa saber sobre escola

Olá, pessoal!

Como assim, mais de 13mil acessos?!

Tenho só que agradecer e pedir desculpas por não postar tanto... Infelizmente, andei adoentada e cansada (não necessariamente nessa ordem) esses últimos dias e não tava dando tempo nem pro básico.

Bom, meu post hoje nem é um desabafo, pois já estou mais "bem-resolvida" com a docência. É mais um informativo.

Afinal, muito se fala da sala de aula vista por quem está de fora.

Mas e quem está nela?

Muitos alunos falam (e muito mal), sobretudo nas redes sociais.

Sinto falta de professores falando do que passam. Vou então "puxar a fila", como se diz por aí.

Não vou falar nem mal nem bem. Como eu adoro uma listinha, vou apenas contar 9 coisas que acontecem na maioria das salas de aula e que só quem está nela sabe (e que os pais precisam estar cientes!).

Antes que role um "mimimi", não estou generalizando não, ok?! Só contando fatos.

Nada mais.



1. Alunos copiam, ao invés de fazer o dever de casa. Sim. Seu filho que diz que nunca tem tarefa de casa, porque a professora não passa nada, tem 88% de chance de estar mentindo. Afinal, em uma sala de 30 alunos, geralmente 4 fazem a tarefa e os outros 26 copiam o que, provavelmente, é feito no horário anterior, sem que o coitado do professor veja.

2. Seu filho tão bonzinho e prestativo em casa, pode se tornar outra pessoa, quando está na escola. 

Isso eu já vi e não foram duas ou três vezes não. Muitos adolescentes, com a finalidade de se "enturmar" deixam em casa toda a ética, valores morais e bons ensinamentos dos pais e se transformam em pessoas de péssima índole em sala de aula. 

Respondem mal o professor, são cínicos, tudo para "aparecer" para os colegas. Não está na hora de conversar um pouquinho com ele e ver se ele é o mesmo em casa e fora dela?

Afinal, eles são seus filhos, não nossos.

3. Toda escola que se preze passa recorrentes bilhetes a serem entregues aos pais. 

Os senhores nunca receberam nenhum bilhete da escola falando de reunião, conselhos, atividades extra-classe ou mesmo sobre o comportamento de seu filho?! 

Pode ser porque seu querido herdeiro nunca entregou... 

Procure, então urgentemente a coordenação ou direção da escola onde seu filho estuda. Deve haver inúmeras novidades acontecendo por lá que os senhores nem saibam!

4. Cadernos não acabam em 1 mês. Nem cadernos, nem canetas, nem material nenhum! 

Alunos costumam ser extremamente desleixados com seus materiais escolares. Emprestam pra colegas que não devolvem, não têm controle sobre o que está contido em suas mochilas e, por causa de um erro cometido, rasgam a folha toda, fazem uma bolinha e jogam na lixeira (isso quando não jogam nos colegas). 

Verifique se seu filho consegue explicar como o material que o senhor ou a senhora comprou com tanto sacrifício acabou tão rápido. Posso garantir que, em 80% dos casos, ele não conseguirá se explicar.

5. Não são permitidos celulares, nem dispositivos de reprodução de música na maioria das escolas.  Nas que são, estes devem estar desligados durante a aula.

Os senhores podem até saber disso, mas já pararam para ver onde estão os celulares e IPods dos seus filhos?! Garanto que provavelmente estes aparelhos estão no bolso deles, os quais eles usam durante a aula, atrapalhando a classe e o professor.

Sem contar os malditos fones de ouvido escondidos nas blusas e as câmeras que, em atos muitas vezes desrespeitosos e anti-éticos filmam as aulas para depois publicá-las na internet, rechaçando a figura do professor.

Agora me diga: Os senhores tinham noção desses problemas, quando deram estes aparelhos aos seus filhos? Não, né?!


Sabemos da necessidade dos senhores em se preocupar onde eles estão, mas creio que a maioria (se não todas) as escolas brasileiras possuem um número de telefone em que possam ligar para falar com seus filhos, quando estiverem em aula.

Afinal, o mau uso destes aparelhos que os senhores compram no intuito de  protegê-los e dar conforto, atrapalha significativamente as aulas.

Não vamos revistar aluno a aluno, isso não é obrigação da escola. Que tal este compromisso dos senhores em observar o que seu filho leva pra escola?

6. Alunos distorcem o que é dito em sala por professores e direção. E geralmente isso é feito em benefício deles. Seu filho destrata um professor e se este o manda para a diretoria, isso já é motivo para mil (geralmente) versões distorcidas dele. 


Lembre-se: professores não têm 12 ou 13 anos como seu filho. São adultos, aptos para exercer a profissão e muitos são mães e pais de família como os senhores são.


Por isso, a chance de um professor adulto "bater boca" com um aluno adolescente é significativamente menor do que o contrário acontecer... 


E mais: alunos destratam professores todos os dias, em todos os lugares, mas é relevado, várias novas chances de mudança de comportamento são dadas. Para chamarmos os senhores à escola, provavelmente é porque a situação tornou-se insustentável.


Estabeleça uma relação de parceria com o professor. Ouça primeiro a versão do docente (assim como sua mãe e seu pai faziam quando você ainda era filho). O professor não quer nada de mal a seu filho. Pelo contrário, quer vê-lo bem e com muito sucesso acadêmico e profissional daqui a alguns anos.

7. Cadernos são usados em sala de aula. O do seu filho não tem quase nada? E os livros e apostilas? Em branco? 


Busque saber se há algo errado, pois  se há uma lista de material que inclui livros e cadernos a serem comprados e os do seu filho foram (a essa altura do ano) pouco ou nunca usados, talvez seja porque ele nem os abriu durante a aula, mesmo sendo inúmeras vezes pedido pelo professor...


8. Fichário é excelente pra quem é organizado.


Alunos somem com folhas de fichário, emprestam a colegas faltosos que nunca mais devolvem e o pior: se sua filha tem um fichário da Hello Kitty com folhas cheias de desenhos (e que custaram bem caro), pode ter certeza de que não vão durar uma semana! Vai ser um tal de amiga pedir uma pra escrever carta pra outra amiga, pro namorado, vai ter até a cara-de-pau que dirá que coleciona esse tipo de folha!

Se seu filho não sabe nem onde colocou a meia que usou no dia anterior, não dê este tipo de material a ele. Ele pode "espernear", fazer escândalo e "birra". Diga "não". Afinal, você é o pai/mãe. É você quem manda.


9. Os filhos são de vocês. Os alunos são nossos. Quem é o responsável por alfabetizá-lo, ensinar conteúdos, formá-lo como leitor, crítico e pesquisador são os professores em suas mais diversas áreas.

Entretanto, ensinar sobre moral, ética e valores é dever dos pais. Reforçar tais bons valores pode ser nosso dever, mas sem o suporte dos pais, isto se torna im
possível. E não vou muito longe. 


Encerro minha fala com esta imagem que achei no Facebook e que resume o que os senhores precisam sempre ter em mente:






4 comentários:

Dudu disse...

Você sabe que concordo com tudo e mais um pouco, afinal, ser professor não está fácil para ninguém. Tendo defendido sobre a Síndrome de "Burnout" então...

Se pais e alunos lerem este post e absorverem tudo o que está escrito e colocarem em prática, já será uma grande melhoria da educação, e principalmente, que exerçam o exercício de se colocarem no lugar do professor.

Melhores salários são importantes e necessários para a valorização do profissional e da educação, mas melhores condições de trabalho, incluindo os alunos, fará com que a educação volte a ser o caminho para construirmos um mundo melhor.

Lalah Melo disse...

As salas de aulas seriam tão melhores se houvesse, pelo menos, uma mudança na postura de muitos pais, né?
Mas desanimei disso tb, especialmente com as experiências do ano passado, mtos pais sabem algumas dessas coisas (e para mtas de fazem de bobos) e continuam sem se envolver, afinal os filhos tão lá embaixo nas listas de prioridades dos pais, afinal só os colocaram no mundo pq "escapuliu" ou pra prender marido ou como vc mesma disse, pra mostrar que não são árvores secas.
Tá foda, viu!

Amo vc!

SHEYLA - DMULHERES disse...

Parabéns pelo post,Naná. Me ponho na pele dos professores, que não é nada fácil educar adolescentes. As posturas de alguns pais têm que mudar,no mais, a culpa será sempre da escola. Ela não tem função de educar.
Mil beijos e bom final de semana,
Sheyla.

Simplesmente (P.) disse...

Concordo com você.. que os pais precisam abrir os olhos, "nem tudo que parece realmente é!!!" Sou professora também e sei bem como é os dois lados, pois fui uma péssima adolescente dei muito trabalho aos professores e a meus pais... mas mesmo assim escolhi essa profissão!!!
E tenho que dizer, que não vemos reclamações de professores em redes sociais pelo simples fato de que nós escolhemos estar dentro das salas de aula, e vemos tantas reclamações de alunos, por que eles são obrigados a comparecer!
O que para nós é um trabalho, feito por escolha, para eles é uma obrigação tortuosa.
Adorei seu post!
Beijos!
Pri.
http://www.metamorfoseparalela.com.br/

Real Time Web Analytics