• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

Mostrando postagens com marcador Pullip. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pullip. Mostrar todas as postagens

23 julho 2013

A chegada de Yolanda e tudo que você precisa saber sobre a Yeolume!

Ooooi, gente!
Tudo bem?!

Ok, não cumpri meu prometido de voltar, mas é que tive muitas questões burocráticas a resolver e estava trabalhando muito, em virtude do fim do semestre. 

Estamos todos por aqui bem, tentando não pensar muito no que aconteceu e com a mente focada no que ainda temos pra viver.

Justamente pensando em trazer um pouco mais de sorrisos ao dia, resolvi adotar mais uma doll!

Dessa vez não foi nem Pullip, nem Blythe, foi uma Yeolume (pronuncia-se "Yorume") a qual já falei sobre aqui e aqui.

Foi realmente amor à primeira vista. Quando saíram as primeiras imagens da Yeolume, eu fiquei encantada com a delicadeza dela. Fiquei morrendo de medo de ela custar muito caro e eu me frustrar, mas eis que chegou ao nosso país num precinho camarada (para dolls)...

Aí não teve como eu resistir muito tempo... Acabei comprando e dei o nome de Yolanda Maria!

A seguir, vou te mostrar minhas primeiras impressões sobre essa pititica fofa e comparações entre ela, a Pullip e a Blythe para quem quiser comprar!


1. Dimensões das caixas.

Quando chegou a caixa, tomei um susto. Como estava levinha! Será que tem algo aqui dentro?! Heheheh. A sensação foi a mesma de quando a Rô chegou (você pode saber mais clicando aqui).

Daí sempre vem aquela sensação "preconceituosa": Ah, meu Deus, é pequenininha demais, vai ter nem graça...

Mas não é bem assim! O fato de a Yeolume ser menor que a Pullip dá a ela um charme todo especial, de criancinha mesmo... A Yeolume é mesmo a "filhinha da Pullip" e isso fica visível em cada detalhe dela. Vocês vão ver ao longo deste post.

Para vocês terem noção do tamanho das caixas, vejam a imagem a seguir que compara três embalagens: (da esquerda pra direita) Da Pullip Merl, da Yeolume e da Blythe Simply Guava.

Note que, mesmo a Yeolume sendo um pouquinho menor que a Blythe (vocês verão na comparação entre as dolls), a caixa da Blythe ainda é um pouquinho menor).

 Ainda falando na caixa, vamos ver mais detalhes dela?

2. A caixa.

Bom, pra variar, ela veio tooooda lacradinha, cheia de proteções plásticas e presilhas que você gasta meia hora retirando. Ao contrário de algumas Pullips (que vêm com o corpo todo protegido por plástico - e com a roupinha por cima, evitando assim que a roupa manche o corpo enquanto estiver na caixa), apenas as perninhas vieram envolvidas com plástico protetor (além dos cabelos). Veja os detalhes do interior da caixa:

Yolanda doida pra ganhar a liberdade! Heheheheh


Disposição dos itens dentro da caixa.




Agora, veja a caixa por fora:


Note que o sapatinho dela e as meias são diferentes nesta foto. O que me leva a crer que eles erraram e colocaram a foto do protótipo! kkkk

3. Dimensões.

Ela, apesar de menor, não é tão pequena, se comparada à Pullip e à Blythe. Observe esta foto que tirei do bonde das poderosas! heheh!


Note que, apesar de ter quase o mesmo tamanho da Blythe, a Yeolume tem tronco e membros bem mais fininhos... Pra ficar mais claro, veja esta foto que tirei deste site aqui (crédito total ao site), porque, mais uma vez não tive coragem de tirar foto das meninas sem roupa:
Fonte: Pullips And Junk

Da direita pra esquerda temos: Taeyang, Pullip, Isul, Blythe, Byul, Dal e a Yeolume. Note também a ausência de articulações na Yeolume e uma certa semelhança com o corpo da Blythe. Semelhança esta que vou desmistificar já já!

Segundo meu esposo Dudu, a Yeolume é mais "harmônica". Diz ele que, apesar de cabeçuda, parece que as proporções dela estão mais em harmonia. Eu também achei. (Me julguem).

Quanto à questão do uso das roupas, aguarde que vou explicar direitinho daqui a pouco...

4. Particularidades...

Bom, a Yeolume tem algumas particularidades. A primeira delas é que ela não vem com stand. (Pra quem não sabe o que é stand, é o suporte que as mantém em pé).
Pra mim, isso não faz lá muita diferença, porque as minhas ficam aqui na sala em suas poltroninhas. Porém, para quem as guarda em pé, nos stands, é sempre bom ter um extra.

Pode ser usado tanto o stand para Blythe, quanto para Pullip. Testei ela nos dois e veja como ficou:

No stand para Blythe:


No stand para Pullip:


O card de colecionador também é diferente. Ao contrário do card da Pullip que vem com a foto dela, o da Yeolume vem com a ilustração do seu rostinho, o que não me agradou tanto... Motivo? Chatice minha mesmo... Heheheh

Veja o card (frente):


Verso:


Outra coisa que me chamou a atenção foi quando fui trocar a roupinha dela.

Achava sempre muito estranho quando ia procurar foto da Yeolume na internet e, na maioria, ela estava sempre com o outfit original. Não entendia o porquê daquele "apego", sendo que há dolls com outfits muito mais elaborados e que as pessoas trocam sem dó.

Tendo uma em mãos, descobri o motivo...


Isso mesmo! O casaco para se manter fechado conta com um pontinho de costura... Talvez por isso, muita gente prefira deixá-la assim por muito tempo, até para mantê-la da forma original. Eu ainda não abri o ponto e, por isso, ainda não testei roupinha nenhuma nela.

Falando em testar roupinha, vamos tratar deste assunto.

A pessoa tem que ter muita disposição financeira pra comprar roupas próprias para cada doll. Tem gente que tem. Mas, como eu não tenho grana pra isso, geralmente apelo para o truque da presilha nas costas.

A roupa ficou larguinha em sua doll? Simples: Pegue aqueles tic-tacs de cabelo e ajuste a folguinha da roupa nas costas.

As roupinhas das Barbies Fashionistas (vendidas em lojas de brinquedos) não ficam muito boas em Pullips de corpo original (stock), nem em Blythes. Imagine na pititinha Yeolume?! Então, para os três modelos de dolls... Mesmo truque da presilha, ok?!

(Depois, quando eu tiver coragem, posto aqui a Yeolume com outras roupas, ok?!).

Falando em corpinho, vamos agora a um comparativo entre Pullip, Blythe e Yeolume, no que diz respeito à...

5. Articulação das pernas.

A Pullip tem suas articulações aparentes (nos joelhos e tornozelos), o que incomoda alguns colecionadores (pela aparência), mas que dá mais mobilidade a ela:


Já a Blythe tem um mecanismo de articulação interno (apenas nos joelhos), que lembra muito as Barbies dos anos 80 e 90, as quais você "estala" o joelho delas para que ele se dobre em 2 ou 3 níveis.


Entretanto, apesar de parecer com o mecanismo da Blythe, a Yeolume não é assim. A perna dela é totalmente flexível, bastando você "moldar" a dobra do joelho. Veja:


São detalhes, mas que fazem a diferença para quem se interessa pelo assunto!

6. Mecanismo dos olhos.

Não vou ficar aqui explicando como é o mecanismo de olhos da Blythe e da Pullip pois já fiz isto em outro post (que já indiquei no decorrer deste). Em termos gerais, ao contrário a Pullip e da Blythe que fecham os olhos (cada uma a sua maneira e mecanismo) a Yeolume não possui dispositivo de abertura e fechamento dos olhos.

Entretanto, ela tem a alavanca de virar os olhinhos para a direita e para a esquerda.


Um item que me deu uma pequena síncope foi que a wig dela veio colada sabe onde??? No mecanismo dos olhos! Foi um custo pra passar a faca e cortar a cola, mas no final deu tudo certo.

Nem cortou o cabelo. Note na foto que tivemos que desfazer a fusão feita pela cola e que simplesmente sobrepôs a wig ao mecanismo.

Pelo susto, até que correu tudo bem. Só a alavanca ficou com a pontinha um pouco áspera, mas eu consigo conviver com isso! kkkkk

7. Detalhes adicionais.

A Yeolume é um charme... Seu rostinho não é tão fosco como o das Pullips, nem tão brilhante como o da Blythe. Nas fotos que tirei não consegui captar, pois fica praticamente igual ao da Pullip.

Ela vem com uma linda eco bag e seu cabelinho, apesar dos cachos enormes nas pontas, é bem macio e fininho, muito fácil de manusear!

Ah, a tiarinha dela é totalmente flexível. Ou seja, dá pra usar em outros cabeções, como o da Pullip e da Blythe!


No mais, eu recomendo a Yeolume.

Além de ser muito fofinha, tem um preço acessível para quem quiser começar a colecionar e é uma doll bem diferente. Diria que... Surpreendente!

Bem, vou encerrando o post com uma doce imagem da Dulce colocando a Yolanda no colo:


Com carinho,

31 março 2013

Feliz Páscoa!

Oi, gente!

Depois de uma pausa sabática, eis que volto rapidinho pra desejar a todos vocês uma Feliz Páscoa a todos vocês!

Que o dia de hoje seja um verdadeiro marco de renascimento. Que possam renascer em nós todos os nossos sonhos, esperanças e a crença de que tudo pode ser melhor, basta acreditar!


São os votos de meus e do Dudu, com a ajuda de nossas coelhinhas modeletes: Dulce, Lola e Aurora!

P.S.: Eu voltarei, ok?! Não se esqueçam deste cantinho aqui!

Com carinho,

04 março 2013

Tutorial: Efeito retrô nas fotos usando o Photoshop

Olá, pessoal!

Sentiram minha falta?

Durante a semana, vou postando as coisas por aqui.

Hoje vou postar um tutorial passo a passo e bem explicadinho de como deixar suas fotos com um ar "retrô", um toque vintage, usando apenas o Photoshop.

As imagens-bases usadas por mim serão estas (nesta primeira etapa, sem retoque nenhum, só com o logo do blog porque... Preciso nem explicar de novo, né?!):






Como vocês puderam ver, estão bem "desajeitadas".

Tive a ideia de manhã, mas só fui executá-la à tarde. A iluminação já não estava das melhores naquele horário e, além disso, não achei minha outra cartolina branca pra terminar o cenário! heheheheh!

Mas nem tudo está perdido!

Se Photoshop dá jeito até em bumbum cheio de celulite e mancha, porque não trabalharia a favor de criaturinhas tão... Naturalmente fofas? Hein?!

Pra isso, daremos às imagens que mostrei um tratamento vintage bem fofo, para que elas ganhem uma cara nova e um efeito que as deixem únicas!

Tratamento este que você pode fazer na sua casa com as suas fotos!
Lembrando que: As imagens são minhas, os prints e texto do tutorial também!

Vai copiar? Dê os devidos créditos!


Vamos iniciar com...

1. Preparação da imagem para receber os efeitos. (Caso já saiba como proceder aqui, pule para a etapa 2).
Comecemos pelo recorte!


Terminado, vai aparecer uma caixinha com duas opções: "Crop" e "Cancel". Selecione "Crop" e está pronto! Imagem cortada!

Ah, não quer cortar a imagem? Quer apenas retirar algum elemento dela?

Há várias formas de fazer isto. Vou explicar uma. Caso queiram saber mais alguma, peçam aqui que eu posto!



Limpou a área? Selecionou o que queria?

Agora é hora do...

2. Tratamento da imagem para receber o efeito!

A característica básica do estilo retrô em fotos é a luz. As fotos são iluminadas, como se o sol daquela manhã de domingo, em março de 1985 (já desgastado pelo tempo e meio alaranjado) trouxesse magia pro retrato.

Ahhhhh, mas minhas fotos ficaram mal iluminadas, tirei dentro de casa, ou com um solzinho fraaaaco...

Não fecha o post não, porque tem solução!

E o recurso é "Blending Mode" (Ou "modo de mesclagem", que se encontra na área das "layers" ou "camadas"). Veja as imagens a seguir e note a diferença:
Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior.
Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior.


Você pode usar também os ajustes da aba "Imagem": Brilho e Contraste, recursos simples e que já resolvem boa parte dos casos de má iluminação das fotos. (Image > Adjustments > Brightness/Contrast).

Agora, por favor, vamos ao que interessa?

3. Aplicação de recursos do Photoshop para "efeito retrô" em imagens.

Outra "chave" pro "efeito retrô" são os filtros usados pra dar aquela aparência de foto envelhecida, esquecida na gaveta da casa da mãe.

E, para isso, usemos 3 cores básicas como filtro: O azul, o laranja e (muito raramente) o marrom (já que, se você for parar pra pensar, azul + laranja = marrom).

E aí você me pergunta: Pra que clareei a foto?!

Porque os filtros já dão uma certa opacidade à foto. Se você não fizer o clareamento, a sensação será de uma foto pesada, densa e não é isso que queremos.

E como é feito o filtro?

Veja a seguir:



Cores que você pode usar (sem #, porque no Photoshop já tem):

Azuis:
#093252, #0090ff, #041d30, #4fa9fe, etc.


Laranjas:
#fed74f, #f9aa00, #ff9000, #ce7102, etc.


Podendo ser combinados (azul e laranja) na mesma foto, em camadas diferentes, de acordo com o tom que você quiser dar.

Mais cores? Acesse: http://www.mxstudio.com.br/Conteudos/Dreamweaver/Cores.htm

Não se esqueça de SEMPRE usar os modos de mesclagem! São eles que fazem da camada um filtro e não apenas uma cor sólida tampando a foto!

Olha como ficou! Tchaaaaraaaan!

Tá vintage? Tá.

Mas ainda pode ficar mais...

Como?

Usando texturas!

Quer ver o resultado?

Nesta, eu usei a textura de papel dobrado, que daremos total crédito a: http://fc08.deviantart.net/fs71/i/2010/277/5/0/folded_paper_texture_by_spiketheswede-d303ony.jpg . (Quem for usar, credite também)!

E como se aplica na foto?

Simples!

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Gostaram?

Agora vamos ver como ficaram aquelas fotos que mostrei no começo do post?
Sem textura, só com o filtro.

Com textura do papel.

Nesta, além da textura de papel amassado, recortei a Aurora e coloquei um fundo floral vintage.


Sem textura, só com o filtro.

Com a textura do papel.

Sem textura, só com o filtro, neste caso mais azulado e "estourado".

Com textura.

A da Lola e Dulce já fiz direto assim, pois queria esse visual de revista 60's na foto.


Esta da Dulce, além do filtro e da textura, eu recortei o fundo e apliquei este de bolinhas.
Ela não tá uma autêntica "vintage" com esse vestidinho de bolinhas?


Com textura e filtro.

Filtros diferentes... Nesta...

E nesta!

Bom, espero que tenham gostado do tutorial!

Dúvidas, só mandar uma mensagem na aba "contato".

Beijos a todos.

Com carinho,


Real Time Web Analytics