• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

07 janeiro 2012

Mulheres ricas: Pra quê criticar?!

Oi, gente!

Ontem, pensei demais na vida, aqui no blog, hoje vou partir pra algo mais "fresco"...

Falarei hoje de "Mulheres Ricas", programa da Band que estreou na última segunda-feira, no lugar do CQC que está de férias... (E que perdeu muito a mão em 2011, na minha opinião).

Este programa, pra quem não viu a estreia, é um reality show que mostra a vida "toda trabalhada no gramú" de 5 socialites: 

Brunete Fraccaroli (arquiteta, já me conquistou, porque é bonequeira assumida, tem até uma Barbie que a Mattel fez baseada nela!); 

Débora Rodrigues (sim, a "ex-sem-terra" que agora pilota um "bruto" na Formula Truck e tem um marido dono de equipe); 

Lydia Sayeg (dona da "Casa Leão Joalheria", vi isso no site da Band! kkk);

Narcisa Tamborindeguy (é, aquela mesma do "ai que loucura"!);

Val Marchiori (Parece que ela tem uma transportadora e cria gado Nelore. Anyway, o que importa é que é a mais "Paris" de todas e é a cara das branquelas do filme - dos atores caracterizados, não das garotas, é claro!).
Bom, tirando a Débora Rodrigues que ainda tem uns pensamentos de gente pobre como a gente "pé no chão" (tipo: botar o filho pra trabalhar com medo de virar um vagabundo ou comparar o preço de uma moto ao de um carro); todas elas vivem como se não houvesse amanhã. 

Gastam fortunas em roupas horrorosas caríssimas e em outros luxos e tem frescuras que só quem tem "muito dinheiro e pouco juízo" pode ter (tipo a Brunete que dá água - provavelmente - Perrier em copo de cristal pra sua cachorrinha maltês).

E então eu pergunto: e daí?!

Tem muita gente por aí criticando o programa e dizendo que é um culto à futilidade, que enquanto elas gastam com luxo, nosso país ainda sofre com pobreza, que é um absurdo mostrar mulheres assim em um país com tantos problemas sociais e blá, blá, blá...

Agora me diz: será que estas pessoas que tanto criticam o programa por questões sociais fazem algo de útil e solidário em prol da construção de um país melhor ou são só "socialistas de Facebook"? 

O programa não quer dar lição em ninguém, quer apenas entreter. Só isso.
E ver mulheres gastando grana de uma forma tão sem-noção como elas fazem diverte, distrai.

Você para de pensar nos seus próprios problemas pra rir da branquela Val com seus inúmeros "Hello" e sua felicidade em realizar o sonho de ter um cabeleireiro exclusivo...

Engraçado...
Se o Gugu e o Luciano Huck mostram pobreza, tão fazendo sensacionalismo e assistencialismo.

Se os jornais mostram questões sociais, são alardeadores.

Se o Datena mostra a enchente, está tripudiando na desgraça alheia.

O que que se quer, afinal? Pica Pau? Chaves?

Ah, também não... São um culto ao bullying...

Acho que hoje tudo virou motivo pra "mimimi"... 

Fala-se taaaanto em liberdade de expressão, mas o que temos visto são pessoas que, por razões individuais e psuedo-coletivas, não conseguem ver algo sem criticar, sem colocar um defeito ou dar o status de "ameaça à sociedade"...

É só um programa!

Tem pontos negativos? 

Sim...

Para o que o programa propõe, eu achei a Val muito forçada (Paris Hilton wannabe); a Lydia é muito cafona pra roupa (e tipo, se é tão rica, por que a filha pega roupas emprestadas?!); a Narcisa me pareceu falida e a Débora é muito "gente como a gente" tem alma de pobre (kkk). A Brunete eu não vou criticar, porque eu adorei!

No mais, achei "Mulheres ricas" bacana: mostra situações que a maioria de nós jamais viverá: ou por querer gastar dinheiro de forma mais consciente, ou por falta de grana mesmo!

Se eu fosse rica, jamais seria daquela forma, mas é divertido ver que tem pessoas que são praticamente "caricaturas de si mesmas", tamanha a alegoria que criam para sua própria vida!

O programa não quer ditar nada, só mostrar a rotina de mulheres que, com ou sem reality vao continuar por aí gastando horrores.

E a fome, a miséria e a desigualdade continuarão. Com os sem elas, com ou sem o programa.

Acho que quem não gostou deve primeiramente, desligar a tv e parar de assistir. Já dizia a minha mãe: "quem desdenha, quer comprar". 

Se não gostou, ignore, não fale mal, principalmente na internet. Afinal, falando bem ou mal, você contribuirá pra se tornar um assunto comentadíssimo na rede!

Ah, e só pra finalizar:

Nada contra a Val... Só não pude evitar a comparação! kkkk

É isso.
Com carinho.

Naná.

5 comentários:

Janice disse...

hahahahahahaha Pensei a msm coisa da Val parecer com as Branquelas! Curti muito o programa e vou ver hoje de novo. B-jos.

Celene disse...

Ontem eu vi o programa, afinal quem é que não tem curiosidade de ver como é a vida dessas mulheres? Mas teve algo que eu não achei legal: a Lydia fazendo tiro ao alvo, escolhendo armas e falando que isso é relaxante(não me lembro bem se foi essa a palavra, mas foi esse o significado).

Ana Maria disse...

Celene, você viu isso aqui?!

http://kibeloco.com.br/platb/kibeloco/2012/01/10/barraco-de-luxo/

Sobre a Lydia, achei uma perua muito surtada também!

Por isso que sou fã da Brunette! Ela por enquanto soube ser chique de fato!

Ana Maria disse...

A Val é foooogo!

Nessa, Janice, ela mostrou literalmente as garras! Atirou pra tudo que é lado!

Anamaria B. disse...

Eu tinha ouvido falar, mais confesso, achei que era futil, mas da forma como você escreveu no blog e falando da vida de cada uma, como por exemplo, Débora Rodrigues (sim, a "ex-sem-terra" ), a gente não sabe exatamente como elas pararam ai, no glamour (acho que escreve assim) que hoje elas tem.Achei interessante saber da vida de cada uma e me fez assistir logo e ver como é :)
bjiinhos de Ana

Real Time Web Analytics